Principais pontos de dor no gerenciamento de estoque

Principais pontos de dor no gerenciamento de estoque

Varejistas enfrentam diariamente desafios de gerenciamento de estoque que podem afetar todos os aspectos de seu negócio, desde a satisfação do cliente à margem bruta. Seja a falta de visibilidade em tempo real em todos os locais ou processos manuais que resultam em perda de tempo e aumento de erros, a maioria das empresas, infelizmente, lida com as dores de gerenciamento de estoque em algum ponto.

Neste artigo vamos trazer os principais pontos de fragilidade no gerenciamento de estoque das empresas:

  1. Remessas curtas ou itens incorretos de fornecedores:

Muitos varejistas sofrem por erros do fornecedor que resultam em impactos negativos em seu estoque. Quando as cadeias de suprimento mudam de forma inesperada e sem planejamento, sobrecarregam as operações de planejamento e gerenciamento do estoque.

Existem casos de redes de médio e pequeno porte em que os fabricantes e distribuidores que ditam quando, onde e como a mercadoria será enviada, além de exigirem flexibilidade e oferecem prazos de entrega que nem sempre condizem com a realidade do comprador.

Para aliviar esta dor, é necessário investir em um software de gestão que monitore e rastreie continuamente a troca de informações com o fornecedor para evitar possíveis surpresas durante a cadeia de suprimento, além de ajudar a otimizar a logística de recebimento na loja.

  1. Imprecisões causadas por sistemas desconectados

O segundo desafio mais comum citado pelas empresas é ter vários sistemas distintos em que os dados não estão todos sincronizados em tempo real.

É importante considerar a utilização de um software de gestão que atenda sua empresa de ponta a ponta para que as informações não se percam, e também garantir que os dados sejam transacionados em tempo real.

  1. Impactos da fraca previsão de demanda

Outros principais pontos problemáticos muito comuns nas empresas são: rupturas de estoque, vendas perdidas, excesso de estoque e outros custos associados a uma previsão de demanda deficiente.

Determinar os níveis corretos de estoque pode ser difícil para muitas organizações, mesmo em tempos econômicos mais previsíveis. Subestimar a demanda leva à insatisfação do cliente e perda de vendas quando os itens não estão disponíveis e superestimações da demanda podem resultar em excesso de estoque, o que ocupa dinheiro e espaço no depósito.

Empresas de sucesso utilizam o ERP para prever quanto estoque será necessário para atender aos próximos pedidos, já que se não houver o produto em estoque não é possível vender, no entanto se tiver muita mercadoria em estoque não é possível investir ou comprar mais estoque onde realmente é necessário.

Algumas soluções no mercado, como o Procfit Business Suite, incluem ferramentas de previsão de demanda. Esse recurso se integra aos dados contábeis e de vendas para ajudar a prever a demanda e programar pedidos com base na mudança das preferências do cliente, disponibilidade de material ou tendências sazonais.

Embora esses pontos que citamos anteriormente sejam muito comuns para empresas varejistas, a sua empresa não precisa passar por isso! A Procfit é uma empresa que está presente a 13 anos no mercado e possui grande experiencia em gestão de processos de forma integrada. Nossas soluções oferecem diversas ferramentas de apoio aos gestores com a melhor relação custo-benefício! Clique aqui para saber mais.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário

Fale conosco

0800 772 8559

(13) 3877-0770

contato@procfit.com.br

Plantão Suporte

(13) 98135-1197

Comercial

(13) 99684-6295